SAÚDE MENTAL EM PAUTA- ENCONTRO REÚNE GRUPOS DE SAÚDE

Postado em 18 de Setembro de 2019.

São registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 01 milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96 % dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.
Com o objetivo de prevenir e reduzir estes números a campanha Setembro Amarelo cresceu e hoje conquistou o país inteiro. Para isso, com apoio da Administração Municipal a psicóloga Daniela Pittol juntamente com a equipe multidisciplinar (Agentes Comunitários de Saúde, Médico, Enfermeiro e Educadora Física) prepararam um encontro acolhedor na tarde de ontem reunindo os Grupos Hiperdia e Grupo de Saúde Mental afim desmistificar algumas questões que envolvem a temática do suicídio, o objetivo principal do dia foi a conscientização das pessoas participantes do encontro que o suicídio pode ser evitado.
A depressão, incluindo a depressão, está envolvida em mais de 50% das tentativas de suicídio e em uma porcentagem ainda maior de suicídios consumados. A depressão pode ocorrer do nada, ser desencadeada por uma perda recente ou outro evento angustiante, ou resultar de uma combinação de fatores. Problemas conjugais, prisão ou problemas com a lei recentes, uma relação amorosa infeliz ou que terminou, desentendimentos com os pais ou bullying (entre adolescentes) ou a perda recente de um ente querido (sobretudo em idosos) podem desencadear uma tentativa de suicídio por pessoas com depressão. O risco de suicídio é maior, se a pessoa com depressão também tiver ansiedade significativa relata Daniela Pittol.
O evento foi idealizado em razão do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, celebrado todo ano em 10 de setembro.

© 2017 APNET Informática