Projeto: “Brincando me descubro”.

Postado em 18 de Novembro de 2019.

A turma do Berçário A da Escola Municipal de Educação Infantil Professora Marisa Margarida, de Santo Antônio do Planalto, regida pela professora Soneide Orbach e atendente Yésli Paludo, sob a direção da Professora Tânia Mara Wagner Paludo estão participando do Programa União Faz a Vida, uma parceria do Sicredi com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura. A turma é composta de oito bebês, sendo cinco meninas e três meninos.
O Brincar está presente nas diferentes atividades proporcionadas no Berçário. A importância de brincar com brinquedos não estruturados, desenvolve a criatividade, estimulando com mais prazer. Pensando nisto a inspiração do projeto partiu da mala com objetos não estruturados com mais de 50 objetos de diferentes cores, texturas, formas e sons.
Os bebês puderam escolher espontaneamente alguns objetos dentro de muitos que estavam dispostos na mala. Durante a exploração não houve questão entre quais maneiras era correta ou não para manipulação desses objetos. Os bebês demonstraram tanto interesse em suas descobertas, devido ao grande número de materiais disponíveis que eles não entraram em conflito, como os rolos de papéis, cones, tecidos, espumas se transformam em brinquedos e potencializam aprendizagem na turma. A repetição contínua desenvolve habilidades e novos conhecimentos. No decorrer do Projeto foram proporcionadas diversas experiências como: as garrafas descartáveis para trabalhar conceitos como: embaixo, em cima, sons, cores, através do campo de experiência traço, cores e formas. As malhas proporcionaram brincadeiras de esconde-esconde, cabaninhas e tantas outras possibilidades de interação. Estimular os bebês a descobrir os espaços e com base nas próprias habilidades, meios de se deslocar de um ambiente para outro, além experimentar as texturas, a magia das cores e a maleabilidade dos tecidos. “O que acontece se eu puxar? Me escondo: Sumi? Apareci? Construiu-se um Vai e vem, proporcionando experiências de abrir e fechar, brincando eu aprendo. As embalagens de garrafas pets se transformaram em “assopra bolinhas”, onde aprenderam assoprar, fazer ventinho e com isso ver as bolinhas se movimentar, a cada assopro um movimento.
A confecção do Labirinto Musical foi encantador, perceber as descobertas através dos sons. “Descobrir que ao bater duas tampas fazia barulho e um determinado som.” O encantamento com as taças, cores e sons. “Brincar interagindo com areia sinestésica, suas cores e texturas, momento de muitas descobertas e aprendizagens na caixa de areia.”
Também foi o momento de realizar uma trilha sensorial proporcionando novas texturas com os pés, com uso de pedras, fibra, farinha de milho, folhas secas, bandejas de ovos e tinta.
Conforme a professora da turma relata que: “o brincar cotidianamente de diversas formas, em diferentes espaços estão presente diariamente na aprendizagem e desenvolvimento dos bebês, ampliando suas habilidades, criatividade, imaginação nas descobertas que realizam no seu mundo.” A estimulação precoce requer o planejamento prévio de atividades significativas que permitam os bebês vivenciarem e participarem ativamente com prazer e ludicidade adequadas para sua faixa etária.

© 2017 APNET Informática

>>>