Cuidados com a saúde no inverno podem evitar diversas doenças

Postado em 26 de Julho de 2017.

O município de Santo Antônio do Planalto está localizado no Planalto Médio, região caracterizada por clima rigoroso, com períodos longos de frio, chuva e umidade no inverno, favorece o aparecimento de doenças. A médica Lucia Bidel Schwambach dá dicas para prevenção e aborda quais são as doenças características desta estação.

Infecções virais do sistema respiratório de via aérea superior como o resfriado, asma, bronquiolite, otites, diarreias virais de inverno causadas pelo rotavírus, são exemplos de doenças típicas da estação, segundo Lucia. Doenças mais graves como pneumonia e meningite devem ser alertadas quando as acima citadas estiverem na fase inicial, para que não se desenvolvam as de maior gravidade.

O ideal, segundo a médica é evitar aglomeração de pessoas e manter a ventilação nos ambientes, para que ocorra a troca de ar, além de evitar partilhar com pessoas resfriadas objetos e brinquedos, que possam ser levados à boca, no caso das crianças, ou até mesmo o chimarrão. Lucia salienta ainda que é imprescindível em qualquer estação do ano lavar as mãos regularmente e passar álcool gel, pois as doenças são transmitidas pelas gotículas presente no momento do espirro e tosse.

“Para tratar estas doenças, ingerir vitamínicos, chás caseiros, manter-se hidratado e evitar frio e umidade, auxilia na recuperação do organismo, e após 72h já apresentará melhora. Remédios para dor e febre receitados por médicos e manter o calendário de vacinação adulto, infantil e de idoso atualizado, também auxiliam no tratamento e é importante salientar que os antibióticos são indicados por médicos somente quando à infecção por bactéria” conta Lucia.

Outras dicas da médica para prevenir estas doenças, é manter dieta balanceada, com prato variado e ingerir vitamina C com consumo de todas as frutas da estação. Além disso, manter o corpo hidratado é importante, mas Lucia afirma que não deve ser em excesso. “Para avaliar se o organismo possui a quantidade exata de água, basta observar a cor da urina, o ideal é cor de suco de abacaxi”.

Os grupos de risco são crianças de até quatro anos, pois estão iniciando as defesas e imunidade, os idosos, que normalmente já possuem outras doenças e grupo prioritário, pessoas portadoras de doenças crônicas, gestantes, cardiopatas, diabéticos, entre outros.

Lucia conta que todos os anos, antes de iniciar o inverno, é oferecido a vacina da Influenza no município. “Ela previne quadros mais graves, como a gripe, que pode evoluir uma pneumonia, mas ela não é específica para resfriado, como muitos pensam, pois ele possui outro vírus”.

Procure a Unidade Básica de Saúde do município e confira se todas as suas vacinas estão em dia, pois segundo a médica Lucia, este é um dos fatores de prevenção. Cuide-se neste inverno.


Bruna Foking
Assessoria de Imprensa
Crédito da foto: reprodução

© 2017 APNET Informática