Alunos de Santo Antônio do Planalto participam da 16ª Jornada Nacional de Literatura e 8ª Jornadinha

Postado em 06 de Outubro de 2017.

Com a preocupação de possibilitar ainda mais, a melhor educação aos alunos santo-antonienses, a Administração Municipal não mediu esforços para fazer com que os alunos da rede municipal de ensino participassem da 8ª Jornadinha Nacional de Literatura. Todos os alunos do ensino fundamental participaram do evento dia 04 de outubro, quarta-feira nos turnos da manhã e tarde. No turno da manhã, as crianças junto com seus professores, funcionários, secretária de Educação Roseli Arendt e prefeito municipal, Elio Freitas, assistiram a um espetáculo encantador onde houve um mix de teatro, música, dança, poesia e acrobacias.

No turno da tarde os alunos participaram no espaço Lendas Brasileiras - Clarice Lispector, de conversa com os escritores, onde puderam ouvir os escritores dos livros que foram trabalhados pelos professores durante os meses que antecederam a jornada, em sala de aula. As crianças também puderam fazer perguntas aos escritores sobre suas obras. Além disso, a aluna Maria Paula Selig Mayer fez homenagem aos escritores cantando a música Flor e o Beija Flor, a aluna Laura Alexandra Bergmann foi convidada a entregar o troféu às escritoras Lúcia Hiratsuka e Selma Maria.

A Administração custeou as inscrições para os alunos e professores, lanches e transporte. Os professores do município participaram da 16ª Jornada Nacional de Literatura com a inscrição também custeada pelo município e transporte. Os professores participaram no turno toda noite de segunda a sexta-feira para aperfeiçoar ainda mais seus conhecimentos. E para também auxiliar os alunos do ensino médio, a Administração disponibilizou transporte nos dias
03 e 04 para os alunos do ensino médio, e no dia 06 para todos os alunos do 6º ao 9º ano da Escola Estadual.
Os alunos puderam ter contato com os autores e suas obras, participando dos debates e bate-papos. Segundo a secretária Roseli Arendt, a Jornada foi a culminância de um trabalho realizado durante meses na escola, pois os professores levaram para sala de aula as obras para que todos pudessem ler, e no evento debater com os autores.

“Parabenizamos os professores pelo empenho e pela iniciativa de levar isto primeiramente para sala de aula, para que no evento, todos estivessem inteirados com os assuntos, agradecemos também aos pais pela confiança. Fomentamos e incentivamos a leitura, para que possamos formar cidadãos leitores, por isso, mesmo com a crise nos municípios, o nosso não mede esforços para atingir esse objetivo na educação, ter ido à Passo Fundo e ter tido contato com essas obras e autores, os quais foram trabalhados em sala de aula, foi de extrema importância para eles, e também para nós, ficou marcado em nossas vidas, ficamos maravilhados com tudo”, concluiu Roseli.


Bruna Foking
Assessoria de Imprensa
Crédito das fotos: divulgação

© 2017 APNET Informática