Projeto Descobrindo o mundo através das sensações

Postado em 06 de Julho de 2018.

A turma do Berçário A/B da EMEI Professora Marisa Margarida, de Santo Antônio do Planalto, regida pelas professoras Soneide Orbach e Taís Soares Maria e atendentes Cristina de Oliveira e Luciane Bach, sob a direção da Professora Tânia Mara Wagner estão participando do Programa União Faz a Vida, uma parceria do Sicredi com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura.
As turmas desenvolvem o Projeto: Descobrindo o mundo através das sensações, e sabendo da importância dos sentidos, pois são os primeiros recursos que o bebê usa para compreender e explorar o mundo ao seu redor.
Neste sentido desenvolvem-se várias atividades de aprendizagens buscando sempre a estimulação dos bebês. Brincadeiras sensoriais ajudam as crianças a se sentirem mais confortáveis com o mundo que as cercam e com os seus corpos, as encoraja a serem mais interativas e sociáveis, além de reforçar o vínculo afetivo entre colegas e professores. Crianças aprendem melhor quando as informações são processadas por mais de um sentido ao mesmo tempo. Esse tipo de estímulo multissensorial auxilia no desenvolvimento físico, cognitivo, social, emocional e da linguagem do indivíduo.
Construiu-se com a participação das famílias uma cortina sensorial toda com material reciclado e também um labirinto sensorial, o qual foi construído com canos de PVC e foi usado porongos pintados, onde os alunos podem explorar e interagir com os sons, cores, formas e traços. Também se construiu um painel sensorial, o qual proporcionou muita aprendizagem.
O Projeto também abordou o brincar “faz de conta”, onde foi confeccionado com caixas de papelão um “castelo” e “carrinho”, contemplando o projeto da Secretaria Municipal de Educação e Cultura com o tema Sustentabilidade.
Conforme as professoras das turmas relatam: “o brincar cotidianamente de diversas formas, em diferentes espaços está presente diariamente na turma, ampliando o desenvolvimento de suas habilidades, criatividade, imaginação nas descobertas que realizam no seu mundo. ”
O projeto mostrou como é simples e importante estimular os cinco sentidos dos bebês, além do equilíbrio e da noção do seu próprio corpo, com materiais alternativos, muita criatividade e sustentabilidade. A estimulação precoce requer o planejamento prévio de atividades significativas que permitam as crianças vivenciarem e participarem ativamente com prazer e ludicidade adequadas para sua faixa etária.

Crédito das fotos: divulgação

© 2017 APNET Informática